"Pra mim é motivador ver o resultado e a transformação das pessoas, é isso que me alimenta. "

41. 9.9207-9660 | 41. 3524-9660
biancacoach@biancacaselato.com.br


 

Ser um líder arrogante traz infelicidade para a vida pessoal

De acordo com o dicionário Aurélio, o termo “arrogância” significa:
– Sobranceria (modo de se portar de quem se julga superior) menosprezadora
– Altivez que deixa ver o pouco caso que se faz do adversário
– Insolência

Pode escolher qual é a melhor definição, mas o certo é que os líderes arrogantes estão em todas as partes e você possivelmente já devem ter trabalhado (ou trabalha) com alguém neste perfil. Ou talvez, seja você este líder arrogante! Será?

Por mais que estes líderes tragam resultados significativos para os negócios onde atuam, esse resultado pode se esconder uma pessoa infeliz cujo comportamento pode desencadear solidão e tristeza dentro do local de trabalho. E mais ainda: este ciclone de sentimentos acaba estourando também no ambiente familiar.

“A arrogância de certos líderes no ambiente de trabalho é ambígua:  Por possuírem mais comando e uma equipe toda trabalhando sob suas orientações, estes líderes podem sim alcançar excelentes resultados para os negócios, mas este bom desempenho é efêmero pois, é fruto do medo dos subordinados. Os funcionários têm medo deste tipo de liderança pela postura que eles possuem.” explica a Master Coach, Bianca Caselato.


Líder arrogante é alvo de fofocas

Este líder considerado arrogante sofre por ter uma aceitação muito baixa nas relações interpessoais dentro da organização. Embora os membros da sua equipe possam resolver  diversas questões do dia a dia e obedecerem as ordens, estes líderes são alvo da chamada “rádio corredor” que acontece quando os funcionário falam mal pelas costas e julgam a postura deste líder pelo estilo arrogante de ser.   As chances destes comentários (tudo bem, dessas fofocas) aumentarem e ganhar força são enormes.

 

Quando a arrogância interfere?

Bianca explica que a arrogância por si só nem sempre tem uma intenção negativa e muitas vezes esta postura mais agressiva  – e nada popular – é algo exigido pelo cargo e responsabilidades adquiridas:

“Há sim um prejuízo nas relações como um todo, principalmente no quesito aceitação e a frustração migra para as relações pessoais e até familiares. A arrogância resulta em falta de confiança interna e a sensação de que a equipe não gosta deste líder. O abalo emocional pode chegar a tal ponto que esse executivo começa a atuar de maneira diferente com a sua própria família.” alerta a especialista.    

Como deixar de ser um líder arrogante?

A melhor maneira de “curar” um líder arrogante é através do Life Coach, trabalhando diversos aspectos como:

– Trabalhando a questão da empatia com os demais colaboradores/funcionários
– Cuidando da resiliência para resolver problemas sem deixar a arrogância prevalecer
– Lidando com a escuta ativa, ou seja, ouvir e entender o que os outros estão precisando.    

“Os líderes arrogantes não sabem ouvir a necessidade dos outros ou mesmo nem querem ouvir, e ele não é  o dono da razão e muito menos da verdade. Esta questão é a que mais se destaca e onde eles mais sofrem. O Life Coach transforma o líder arrogante em um líder coach, que mantém os aspectos de comando mas questionando sempre, ouvindo os outros e agregando pessoas e ideias! Nem todo líder é arrogante e nem todo arrogante é um líder.” finaliza Bianca Caselato.   

Foto: Divulgação/Pixabay


KAKOI Comunicação
R. Gumercindo Mares, 119 – Vista Alegre, Curitiba – PR,
Fone:  (41) 3014-7662
www.kakoi.com.br

 



sobre a bianca

Bianca Caselato é Master Coach formada em Administração de Empresas com ênfase em Comércio Exterior pela Faculdade de Estudos Sociais do Paraná – FESP. É especialista em SELF coaching, Executive Coaching e Master Coach pelo instituto Brasileiro de Coaching, com certificação internacional, pela ECA – European Coaching Association, GCC- Global Coaching Community, BCIBehavioral Coaching Institute e IAC – International Association of Coaching.

Após uma bem sucedida carreira dentro de instituições bancárias, Bianca Caselato começou a atuar há dois anos em seu escritório Bianca Caselato Coaching com palestras motivacionais, coaching individual e empresarial com acompanhamento e diagnóstico de empresas de todos os portes.

CONTATO
Bianca Caselato

Rua Padre Anchieta, 2540 - Sala 1115,
Champagnat - Curitiba/PR

41. 9.9207-9660 | 41. 3524-9660

biancacoach@biancacaselato.com.br


Desenvolvido por: KAKOI © Todos os direitos reservados. 2017.